“O Outro Lado Do Paraíso”: Laura finalmente revela o porquê tem medo de tartaruga, o motivo é chocante

Finalmente o público irá entender o porquê Laura tem tramas com “tartarugas”. De acordo com revelações feitas pelo colunista Daniel Castro, tudo será revelado quando a jovem dar início as suas sessões de hipnose com Adriana, que além de ser advogada é também coach. Será por meio disso que todo o seu mistério será revelado.

A garota decidirá procurar ajuda após sua Lua de mel traumática com o médico Rafael. Durante a sessão, Laura irá recuperar a memória e se lembrará dos abusos cometidos pelo padrasto, o delegado Vinicius.

Depois de despertar, a jovem irá revelar suas lembranças para Clara: “Foi ele que me fez tanto mal. Eu era só uma menininha. Só uma pequena menina. Foi ele, o Vinicius. Meu padrasto. Eu era só uma criança. Uma menina. Diante daquilo, Clara ficará sem reação e tentará entender a história de Laura.

“Eu lembrei de tudo que aconteceu, tudo! Eu era uma menina, ficava muito tempo em casa sozinha com ele… Ah, Clara, eu estou toda mexida por dentro. Sinto medo, dor e muita vontade de chorar”.

Em companhia de Clara, Renato e de seu marido, Laura irá confrontar seu padrasto e sua mãe sobre o que aconteceu em seu passado.

“Eu vou contar tudo o que você fez comigo”, dirá ela olhando para o padrasto. O delegado então questionará o que ele fez e “quando”. “Eu era só uma criança. Uma menina e brincava no tanquinho de tartarugas, lembra? ”, perguntará ela. Após Vinicius afirmar que lembra, ela passará a contar detalhes e será criticada por sua mãe.

“Eu era só uma menina, mas você me agarrou. No momento em que eu brincava com as tartaruguinhas. Me molestou. Ele é um pedófilo. Eu consegui resgatar minha memória. Ele me agarrou. Não sou uma vez, mas muitas outras naquele lugar. Era no quintal. A empregada ficava dentro de casa, ela certamente pensava que ele ia brincar comigo ou fazia de conta que não escuta meus gritos e choros”, dirá ela completamente triste.

Lorena não aceita o que sua filha está contando e diz que aquilo tudo é uma mentira: “Você sempre foi uma menina rebelde, briguenta e fugia dele. Não aceitava o amor que ele queria te dar”. Revoltada com o comportamento de sua mãe, Laura dirá: “Não era amor. Era só sexo”.

A mulher do delegado ainda continuará o defendendo e Rafael irá falar sobre as marcas roxas que a Lorena contou ter durante sua infância:  “Ela era muito traquinas, ficava muito tempo sozinha e se machucava sozinha”, dirá a mãe que estará a favor do delegado.

Laura completa dizendo: “Eu tinha muitas marcas pelo corpo, manchas roxas e ferimentos, mas era porque ele abusava sexualmente de mim. Você, Vinicius. Eu nunca gostei de você e sempre me perguntava o porquê. Buscava palavras que expressassem meus sentimentos. Dizia que você era mandão, que era o rei dentro de casa. Mas não, não e não. Eu te odiava porque, quando eu era criança, você me agarrava e me ameaçava de morte”.

Depois disso, Clara e Patrick orientarão Laura a fazer a denúncia contra o pedófilo. Na delegacia, ele ainda tentará barrar a queixa, mas Bruno não permitirá que a sujeita do delegado seja jogada para debaixo do tapete.

“Dói em mim, pois sempre te admirei por ser delegado. Minha mãe é muito próxima de sua mulher. Minha obrigação é acolher a denúncia, investigar os fatos e enviar tudo para o ministério Público”, avisará o delegado Bruno.

 

As cenas vão ao ar entre os dias 8 e 9 de fevereiro.