“O Outro Lado do Paraíso”: Clara começa sua vingança e provoca a prisão de Sophia; veja os detalhes surpreendentes

Depois de voltar em grande estilo para Palmas, Clara finalmente irá conseguir fazer com que seu plano de vingança comece a dar resultados.

Foto: TV Globo

De acordo com informações do site “Notícias da TV”, a mocinha denunciará a ex-sogra por conta das péssimas condições de trabalho dos garimpeiros, o que fará com que a megera acabe no xilindró!

Raquel, uma juíza do trabalho e Bruno irão visitar as minas na companhia de alguns fiscais e policiais para averiguar a denúncia feita por Clara. Sophia pedirá para que os garimpeiros pausem o trabalho porque uma mulher ‘que não nada para fazer’ fez uma acusação para prejudicar a produção das esmeraldas.

Foto: TV Globo

“Trabalho escravo? Alguém aqui está sendo obrigado a trabalhar? Estão acorrentados? ” Debochará Sophia. “Acorrentados, não”, responderá Mariano. “Mas vocês têm dívidas de roupas e alimentação? ”, investigará Raquel.

Foto: TV Globo

Para defender Sophia, Amaral dirá que têm um sistema que torna a vida dos trabalhadores muito confortável, suprindo todas as necessidades dos garimpeiros. “Deixa eu ver esses tais registros? ” Pedirá a juíza. “Só sei que começa e termina mês e as dívidas nunca acabam”, gritará um garimpeiro. Sophia pedirá para que ele fique quieto. “Se nós garimpeiros decidirem ir embora, a senhora vai mandar a polícia para cobrar nossas dívidas, não é? ”, berrará outro trabalhador.

Foto: TV Globo

Toda aquela situação fará com que a juíza entenda o tipo de regime existente ali e a confirmação virá quando Amaral lhe entregar os tais documentos solicitados.

“Olhem o quanto ela cobra pelas roupas, vocês estão usando roupas de grife? Esbravejará a juíza. “Eu só sou um lapidador, não moro aqui não”, explicará Juvenal. “Sorte sua viu, dá para notar que os alojamentos dos mineradores são ninhos de ratos”, afirmará Clara, que também estará presente.

Foto: TV Globo

A Juíza questionará sobre os pagamentos, se os garimpeiros ganham hora extra, e Juvenal responderá que todos eles só recebem uma porcentagem, sem direito a salário. “Chega final do mês e a gente só recebe uma miséria. Desconta muita coisa”, confirmará um dos garimpeiros.

Foto: TV Globo

Assustada com a condições que os trabalhadores estão vivendo, Raquel interditará rapidamente a mina, algo que deixará Sophia altamente descontrolada. Ela chamará a juíza de ‘maldita’ por algumas vezes, que por sua vez, pedirá para que Bruno a prenda por desacato. “Não ofenda a juíza, você está presa. Estenda as mãos”, solicitará o delegado. “Você não vai me prender, Bruno. Te vi de fraudas. Agora está dizendo que vai me prender? Te dou uns tapas moleque”, gritará a megera.

“Você está ofendendo mais uma autoridade, sou um delegado. É cadeia, segure ela e toque para a delegacia”, ordenará Bruno.

Foto: TV Globo

Ao presenciar os policiais algemando sua ex-sogra, Clara debochará da mesma: “Tenha uma ótima noite, Sophia”. “Você planejou tudo isso né? Você me denunciou Clara! Vou te dar o troco, me aguarde, sua maldita”, ameaçará sua ex-sogra.

Logo após, a juíza avisará os trabalhadores que eles não poderão mais garimpar por enquanto, pelo menos até que tudo esteja regularizado. Os homens, claro, ficarão desesperados, mas Clara e Patrick se prontificarão a ajudá-los. “Eu garanto que vocês não irão passar por necessidades”, afirmará a mocinha. “Viva a Clara”, gritará Mariano. “Viva! ”, gritarão eles, ovacionando a vingadora. Tudo isso deverá ir ao ar a partir do dia 30 de janeiro, vamos aguardar ansiosamente para ver Sophia se dando mal!