Cacau humilha e expulsa Edgar de sua casa e Roberval sente prazer em ver a cena, em Segundo Sol

Cacau será dura em sua decisão e expulsará Edgar de sua casa após descobrir do resultado de uma armação arquitetada por Roberval. Ela ficará extremamente brava ao saber que, entre o emprego e ela, Edgar escolheu o trabalho.

A chef de cozinha flagrará ele mentindo, dará um tapa em sua cara e jogará todas as suas roupas na calçada. Logicamente que, Roberval irá se deliciar ao ver o barraco em Segundo Sol, e Edgar chorará dizendo: “Eu realmente sou um fraco”.

Roberval ofereceu um emprego repleto de mordomias para o irmão, porém, sem se revelar como o verdadeiro patrão. Quando Edgar estiver se achando o poderoso, o vingativo se revelará e o mandará escolher entre ficar com o emprego ou com Cacau.

Edgar mentirá para a cozinheira, porém Roberval já terá procurado sua ex-noiva e contado sobre a chantagem que fez com o irmão. Logo em seguida, Edgar agirá justamente com Roberval terá dito que ele faria, o que deixará Cacau muito arrasada.

“Cacau, mesmo te amando, mesmo sabendo que você é uma das mulheres mais especiais e sensacionais que já conheci, mesmo sabendo que posso me arrepender muito, eu preciso de um tempo”, falará Edgar. “Você precisa de um tempo, é? ”, questionará ela, antes de lhe dar um belo tapa na cara.

“O que você fez, Cacau? Você me deu um tapa na cara! Na cara”, gritará ele. “Um tapa é muito pouco pra você! Como é que eu pude ser tão idiota de lhe dar uma segunda chance? Eu já sabia que você não passava de um babaca mimado, egoísta! Como eu fui burra”, esbravejará ela, revoltada.

“Do que você tá falando? ”, perguntará Edgar. “Você não é um homem, Edgar! Você é um… Você é um.. Eu não sei dizer o que você é”, berrará Cacau.

Ela irá para cima dele e lhe dará várias bofetadas. “Pare com isso! Você tá louca? Que reação é essa? Se acalme mulher! Você tá exagerando tudo! Eu não disse nada demais! Só disse que era melhor a gente dar um tempo de morar juntos”, insistirá o arquiteto falido.

“Como você pode ser tão nojento? Eu tenho vontade de vomitar! Não me chame de meu amor! Seja homem pelo menos uma vez na vida! Assuma o que você fez”, pedirá ela.

Ele continuará se fazendo de desentendido, e ela contará que Roberval já contou tudo. “Fez você escolher entre eu e o trabalho. E você escolheu o trabalho”, revelará ela.

“Como eu pude ser tão ingênuo. É claro que Roberval iria lhe contar…”, resmungará Edgar.

Ele falará que tinha um plano para ganhar tempo, mas nunca iria terminar a relação com ela. “Você está mentindo! Se isso fosse verdade você teria falado antes! Por que tá fazendo isso, Edgar? ”, perguntará a cozinheira. “Porque eu sabia que você não ia aceitar! O Roberval…”.

“O Roberval, nada! Ele foi diabólico, mas você fez sua escolha! Você é um frouxo, Edgar, de caráter duvidoso! Saia já da minha frente, saia! Saia de minha casa, agora! Roberval tem toda razão em lhe chamar de bosta! Você é um merda! É um rato insignificante! Saia daqui! ”, gritará ela, descontrolada.

Ela jogará a mala dele aberta, com suas roupas, na calçada. Roberval, que terá feito seu carro de camarote, tocará o automóvel para frente e parará ao lado do irmão.

Edgar estará de quatro no chão, recolhendo suas coisas. “Quer uma carona? ”, debochará o milionário vingativo, que sairá de lá sorrindo ao ver o olhar de raiva de seu irmão.

Percebendo que a relação entre Edgar e Cacau se finalizou, Roberval fará de tudo para se reaproximar da mulher amada novamente. Antes disso, o vingativo descobrirá que Edgar também é filho de Zefa com Severo.

A cena descrita acima irá ao ar entre os dias 18 e 20 e poderá sofrer algumas alterações.