Após humilhar as filhas, Agenor leva surra de personagem vingativa, em Segundo Sol

A trama global Segundo Sol está denunciando o machismo dos “homens de bem”, que na verdade, de bons não possuem nada. Agenor, que se diz ser defensor da família, da moral e dos bons costumes, vai deixar sua esposa, encurralada, e acabará apanhando em uma cena muito desejada pelos fãs de Segundo Sol.

Tudo vai começar quando a dona de casa começar a trabalhar no restaurante de Cacau. Ele chegará a desconfiar que as duas estão tendo um caso íntimo e sairá do local extremamente revoltado, voltando para a casa e esperando o seu almoço. Nice só chegará horas depois e ele estará bebendo cerveja.

Nesse momento, ele a questionará: “Nice! Finalmente você chegou! Onde é que você tava, mulher? ”, perguntará ele. “Onde eu estava? Trabalhando! Chegou um grupo enorme de alemães, achei que eles não iam mais parar de comer! Aconteceu alguma coisa? ”, perguntará ela.

“Aconteceu sim! Na verdade, duas coisas! Eu tô com fome. Cadê a porcaria da minha janta? Ah, saiba que eu fui obrigado a corrigir um erro muito feio de uma de suas filhas. Contei tudo para a mulher de Ionan! Contei mesmo! Bati lá na porta da casa dela e escancarei a sujeirada toda”, revelará ele, demonstrando estar orgulhoso do que fez.

“Eu não estou acreditando no que você fez! Você imagina o que pode acontecer? O que Doralice pode fazer com Ionan? Com nossa filha grávida? ”, perguntará ela, aflita.

“Que se dane! Tem mais é que escancarar a pouca vergonha de todo aquele povo! Estou pouco me lixando se Maura vai ter esse filho ou não”, esbravejará o preconceituoso.

“Uma aberração a menos na face da Terra”, finalizará ele, deixando Nice muito revoltada. Diante dos dizeres de Agenor, ela irá para cima dele, o agredindo muito. Ela o pega pelos ombros e o chacoalha com força, gritando muito: “Você nunca mais repita isso, você entendeu?!”. “Senão você o que? Me bate? Ah, por favor, Nice”, debochará ele.

“Olhe aqui, eu vou me trancar naquele quarto e não quero mais saber de você”, falará ela. “Esse é o meu quarto e eu tô com muita fome”, rebaterá ele. “Se virá aí com a comida! E vai pro inferno”, retrucará Nice, que será ameaçada de morte pelo próprio marido.

“Tá me enfrentando agora? Tá se sentindo gente só porque está trabalhando de assistente de cozinha em um restaurante furreco do Pelourinho? ”, continuará Agenor.

“Tô sim! Tô me sentindo gente, sim! Tô me sentindo muito útil! Tô muito feliz ao ver os clientes gostando da minha comida, e tô ganhando bem – mais do que você, por sinal! – Tô feliz que apreciam o meu trabalho, que reconhecem o que eu faço! Coisa que nesses anos aqui em casa você foi incap…”, gritará ela, que será interrompida.

“Não me interrompa! Eu estou falando! Chega, Agenor! Chega de ficar quieta diante de sua ignorância, dessa sua violência! As coisas vão mudar muito aqui dentro dessa casa! Eu não aguento mais. Eu só não me separo de você porque jurei perante Deus no pé do altar! E essa casa também é minha, e essas coisas que estão aqui dentro também são todas minhas! Se alguém for sair dessa casa, esse alguém é você! ”, finalizará Nice, indo para o quarto e deixando o machista ainda mais nervoso.

A cena descrita acima irá ao ar no dia 18 de agosto e poderá sofrer algumas alterações.