Samuel pede o divórcio e avisa: “Vou trazer o Cido de volta”, em O Outro Lado do Paraíso

Ao descobrir a traição de Suzy, Samuel não vai perdoar a loira e a mãe por terem feito de tudo para afastá-lo de Cido em “O Outro Lado do Paraíso”.

Quem contará todas as tramoias para o médico será a própria mãe Adinéia. “Fiz de tudo para você dormir na mesma cama com ela, pra que sentisse aquele calorzinho de dois corpos tão próximos. Poupo a pouco, a cura finalmente aconteceu”, revelará a senhora.

“Cura? ”, questionará Samuel. “Cura gay. Mas ele não se curou totalmente ainda. Entenda Suzy, isso é como se alguém ficasse gripado. A gripe passa, mas de vez em quando a pessoa ainda dá uns espirros. Ele não te traiu, Suzy. Foi só um espirro”, tentará explicar.

Samuel se irritará com a mãe. “Tenho uma mulher que é uma tarada e que se agarrou com outro tarado em pleno trabalho. E a senhora acha que eu sou o errado! ”, reclamará Samuel.

“Eu não agarrei ele. Ele que começou a me agarrar. Eu só deixei que continuasse. Quem é você pra me censurar? Eu devia ter desconfiado. Tava muito feliz ultimamente! ”, dirá Suzy.

“Agora eu entendi tudo. Minha mãe acaba de contar que foi tudo um plano. Para me seduzir”, desabafará ele. “Foi. Só que você gostou da sedução”, afirmará Suzy. “Coitado do Cido, noites e noites dormindo sozinho naquele quarto”, lamentará o diretor do hospital.

“Com a Irene”, ressaltará Adnéia. “Pode ser., mas vocês começaram toda essa confusão. Agora eu vou acabar com ela”, afirmará Cido.

No início, Adnéia ficará toda feliz. “Acabe logo com essa confusão, meu filho. Você perdoa Suzy, a Suzy te perdoa. E vocês voltam a ser um casal muito feliz, ahn”. “Nâ na ni na não. O cido vai voltar a morar aqui”, revelará Samuel. “De jeito nenhum. Tô disposta a te perdoar, Samuel. Vai ser como sua mãe falou. Foram só uns espirros”, afirmará a enfermeira.

“Suzy, não é questão de perdoar. Agora que minha cabeça está mais calma, e que minha querida mãe contou o grande plano, tudo passa a fazer sentido”, dirá o médico.

“Que sentido, Samuel? ”, perguntará Suzy. “Suzy, eu nunca vou dizer que me arrependo de ter me casado com você. Temos a Tigrinha…, mas nosso casamento já é outra história. Quero o divórcio”, exigirá ele.

Quem ficará desesperada será Adnéia. “Ah, Samuel, não. Eu não quero me separar da minha neta”, afirmará ela. “Eu é que não me separo dela”, completará Suzy.

“Calma, vamos resolver tudo isso. Por enquanto, até arrumar essa situação, você continuará morando aqui, Suzy. Eu em um quarto e você em outro”, afirmará ele.

“Por que tanta pressa em dormir separados? ”, questionará a mãe de Samuel. “Já falei. Vou trazer o Cido de volta. Ainda hoje! ”, afirmará o médico. “Oh, céus… Eu acho que esse negócio de cura gay não existe”, lamentará a ex-sogra da enfermeira.