“O Outro Lado do Paraíso”: Laura desobedece Renato, é demitida e Samuel toma atitude admirável

Laura passará novamente por uma situação complicada, porém agora será em seu ambiente de trabalho. A jovem, que é responsável pelos testes de DNA do hospital de Palmas, será obrigada a colaborar com um plano macabro de Sophia, Renato e Aura.

Para impedir que a mina volte para as mãos de Clara, o trio irá fazer de tudo para roubar a fortuna de Clara e, Renato chamará Laura até a sua sala e lhe fará uma proposta indecente: “Você vai receber um teste de DNA para fazer a análise”, contará o médico.

“São pessoas que você conhece. O teste irá provar que Aura…”, explicará ele, que será interrompido. “A doutora Aura trabalha aqui no hospital. Sei quem é ela”, responderá a jovem. “Ela é irmã de Clara”, afirmará Renato. “Elas são irmãs? ”, perguntará ela. “O teste de DNA vai provar que sim”, garantirá ele.

“Pode ficar tranquilo, vou me dedicar com toda atenção. Estou muito surpresa com a novidade”, comentará Laura. “Você ainda não me entendeu, Laura. Eu falei que o teste de DNA vai provar aquilo que Aura quer. Laura, como subdiretor do hospital… Sou teu chefe… Lembra que fui em que te arrumei esse emprego”, chantageará ele. “Foi. Você sim”, responderá a esposa de Rafael.

“O resultado desse teste tem que ser esse que eu te disso. Tem que ser positivo. É uma ordem, entendeu? ”, explicará o médico. Laura ficará completamente sem reação e comentará: “Mas eu não posso…”. E ele a ameaçará: “Ou esse teste surge com o resultado positivo ou você ficará desempregada”. “Agora pode sair da minha sala. Já sabe. Positivo”, finalizará ele.

Laura ficará muito abalada com a ameaça e sua decisão não será revelada ao público. No momento em que o julgamento começa, o trio estará confiante de que ela falsificou o exame, porém os vilões terão uma desagradável surpresa e, a partir daí, Laura passará a ser perseguida por Renato em seu emprego.

“Sou muito amiga de Clara, sim, e jamais faria algo que a prejudicasse. Ela me ajudou muito. Mas, principalmente, eu nunca teria coragem de falsificar um teste de DNA. Eu tenho uma carreira pela frente, mal estou começando. Não vou vender o resultado de um teste”, rebaterá ela.

Diante da negatividade da jovem, Renato ficará muito irritado e dirá que ela está demitida, mas o que ele não esperava era que Samuel, diretor do hospital iria entrar bem na hora e ter uma atitude surpreendente: “O que você está falando Renato? Eu não autorizo a demissão da Laura. Ouvi você dizer que isso foi um pedido da Sophia? Sei o quanto ela pode ser… Insistente. Por isso vou deixar passar, Renato, só desta vez, porque você tem sido muito eficiente aqui no hospital, dá próxima é rua! ”, exclamará Samuel.

“Ah, como diretor deste hospital, eu o proíbo que você demita qualquer funcionário”, finalizará Samuel, mostrando estar regenerado após a vingança de Clara.

A cena descrita acima está prevista para ir ao ar no dia 29 de março.