Clara decide revelar segredo de Beth e Adriana toma atitude surpreendente, em “O Outro Lado do Paraíso”.

Clara ficará incomodada ao continuar vendo Adriana desprezar a mãe, e por isso, decidirá contar para ela que foi a ex-dona do bordel quem doou o rim que salvou sua vida.

A cena que está prevista para ir ao ar no dia 20 de abril, mostrará que a cirurgia da jovem advogada será um sucesso, e Adriana começará a iniciar o processo de recuperação, sem rejeitar o transplante.

Mas, infelizmente, Beth não terá a mesma sorte, pois apresentará muita febre e se sentirá mal durante a recuperação em sua casa.

Clara irá buscar a ajuda de Mercedes, pedindo para que a sensitiva vá visitar sua mãe. “Minha filha, sua mãe perdeu a vontade de viver. O remédio ajuda o corpo, mas quem perde a vontade de viver, vai continuar como? ”, dirá a vidente.

“A luz dela está se apagando, como a de uma vela que vai se acabando. Tua mãe precisa urgente do amor de sua irmã. É o amor, Clara. O amor de sua irmã poderá salvar sua mãe. Sem esse amor, ela vai se apagar como uma chama”, completará dona Mercedes.

Extremamente preocupada, Clara quebrará a promessa que fez para Beth de manter em segredo sobre o transplante e revelará para Adriana quem realmente salvou sua vida.

 “Estou muito feliz por você estar bem. Mas, saiba você que tem uma pessoa que está muito mal”, começará Clara.

“Vim até aqui ter uma conversa muito séria com você, Dri. É sobre nossa mãe”, continuará a vingativa. “Eu não quero falar sobre ela. Nem fale dessa mulher”, retrucará a advogada. “Eu vou falar dela, sim. Você querendo ou não”, Insistirá Clara. “Então me fale de uma vez. E terminamos logo com isso”, rebaterá a mimada.

  “Essa mulher, sua mãe, foi capaz de lhe dar a vida duas vezes. A primeira quando você nasceu. A segunda agora, quando doou seu rim para te salvar. Exatamente, Dri. O transplante que fez foi com o rim da nossa mãe, a mulher que você diz não suportar. Não há nenhum doador anônimo. Sua mãe te salvou”, revelará Clara, demonstrando estar sensibilizada com a situação.

Negação e perdão

No capítulo que vai ao ar no dia 21, Adriana se recusará a acreditar na história contada por Clara. “Isso é impossível. Se minha mãe tivesse me doado o rim, eu já estava sabendo. Foi um doador anônimo. Não sei porque está inventando tudo isso, Clara. Quer nos reconciliar, já sei. Mas sinceramente, esse não é o melhor caminho”, disparará a advogada.

“Dri, eu nunca inventaria algo assim. Acho que você já me conhece”, assegurará Clara. “Conheço sim. Mas o que está me dizendo é muito improvável. Meu pai não esconderia isso de mim”, afirmará Adriana. “Nossa mãe pediu para ninguém contar. Principalmente para você não saber”, argumentará Clara.

“Eu não entendo o motivo desse segredo”, dirá Adriana. “Ela falava que você poderia ter um abalo emocional, se soubesse que o rim veio dela. E que poderia até rejeitar o órgão”, justificará Clara.

“Ela sempre te amou muito. Sente culpa por ter te abandonado quando era criança. Sabe que foi ingênua. Se deixou enganar por seu avô”, defenderá a jovem.

Clara também contará todo o esforço que Beth fez para se distanciar da bebida, para finalmente poder doar o rim para ela, o que acabará amolecendo o coração da advogada.

“Quando ela fez os exames para a internação, o médico pediu um ultrassom do fígado. Descobriu que, por causa da bebida, ela tinha algumas lesões e que poderia sofrer uma cirrose por causa dos medicamentos durante o pós-operatório. Ela não foi aceita para fazer a doação”, relatará Clara.

“Ela parou imediatamente de beber. Eu vi todo o seu sofrimento. Foram dias e noites de desespero absoluto, onde ela ansiava por uma dose. Você não consegue imaginar a dor, a angustia de alguém que é viciado. O corpo dela doía. Não conseguia dormir. Mas ela teve fibra. Parou”, continuará explicando.

“Agora, ela está muito mal. Dona Mercedes foi até em casa, levou um remédio. Disse que ajudará o corpo. A alma de nossa mãe, sua mãe, é como uma chama tremulante. Ela não consegue melhorar porque não tem mais vontade de viver. É muita culpa, muita dor. Ela sente que já fez o que deveria fazer. E que já está pronta para partir”, discursará Clara.

“Partir? ”, perguntará Adriana. “Dri, a alma dela precisa muito de amor. Do seu amor. Pense bem. Ela colocou a própria vida em risco, para salvar a sua. Por amor. Agora ela precisa receber o seu amor também”, finalizará Clara.

A vingativa será convincente e, na cena seguinte, Adriana aparecerá ao lado de Beth. “Mãe, por favor, eu imploro! Me perdoa”, pedirá ela. “Eu? Perdoar você? ”, reagirá Beth. “Sim, me perdoa, me perdoa. Você fez tudo por mim e eu não soube reconhecer. Você arriscou sua vida para eu continuar vivendo”, insistirá a advogada.

“Minha filha, eu arriscaria mil vezes a minha vida por você”, afirmará Beth. “Eu sei. Agora eu sei”, responderá Adriana, aos prantos.

Muito emocionada, a jovem fará uma proposta para a mãe: a convidará para ir morar em sua casa. “Eu quero conhecer você. E quero que você me conheça. Nós estivemos afastadas por tanto tempo. Venha para perto de mim, por favor”.

Beth aceitará rapidamente o convite, e Clara a apoiará. “Mãe, eu vou sentir muitas saudades. Mas você, Dri, tomou a melhor decisão. A alma dela implorava por seu amor! ”, finalizará Clara, emocionada ao ver a reaproximação das duas.