O Outro Lado do Paraíso: Laura faz revelação surpreendente a Rafael e pede separação, mas o médico tem atitude inesperada

Laura está enfrentando um grande problema na trama global e, após expulsar seu marido da cama, a jovem irá dizer que não é capaz de ser “completa” em seu casamento, o que fará com que ela decida pedir a separação.

No capítulo que vai ao ar neste sábado (3), a jovem contará a ele que tem pavor de ter relações íntimas e que sente um dor insuportável durante o ato. E, mesmo diante das revelações surpreendentes da garota, ele não aceitará se distanciar dela e concordará em não ter nenhum tipo de contato físico.

Logo depois de ter uma crise durante o beijo, Laura se sentirá muito culpa e pedirá desculpas a ele. “Me perdoa Rafael, mas não consigo. Rafael, não sou capaz de ser completa para você. O melhor é a gente se separar. Cê é boa gente, bonito. Conseguirá encontrar alguém”, desabafará ela.

“Não quero encontrar outra mulher. Quero você”, retrucará o médico. “Eu tenho horror de… cê sabe o que. Eu tenho algo errado. Não sou como as outras. Não suporto nem mesmo ser tocada. No namoro, quando me beijava, eu sentia uma sensação muito estranha, desagradável. Agora, a intimidade, o ato…. É insuportável para mim. Todas as vezes sinto muito dor, é horrível”, contará a jovem.

Diante das revelações de sua esposa, Rafael explicará que existe uma doença que costuma causar dor em mulheres durante a intimidade, mas isso tem tratamento. Laura responderá que não é só dor física: “O simples fato de ficar com você, deitada na cama, me dá medo. Quando você me abraça…. Ah, muitas mulheres se sentiram protegidas quando são abraçadas. Eu tenho horror disso! Horror! ”.

Com as revelações de Laura, Rafael dirá que concorda em viver ao seu lado sem ter intimidades. “Eu demorei muito tempo para encontrar alguém que amasse de verdade. Até que encontrei você. O amor não é só dois corpos que se encontram. É mais, muito mais. Amor é estar juntos, conviver. Você é a companheira que sempre quis ter. Deita, você precisa descansar. Fique muito tranquila. Não vou te tocar”, falará o médico, expressando sofrimento diante da repulsa de Laura.